Quer achar algo?

Google

domingo, 27 de setembro de 2009

Chiaroscuro


Pensamentos se misturam
confusões, conflitos, problemas.
Decisões a tomar
Caminhos a seguir
Coisas a abandonar
outras a conquistar.

Tudo tão claro,
o que fazer, para onde ir
mas tão escuro,
como fazer?
de que maneira agir?
Devo arriscar?

Na escuridão do sentimento
a clareza da razão,
do sentimento claro,
ou da razão obscura.

Sempre há conflitos,
quando temos de mudar algo,
quando temos de escolher.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Tempo


Não existe tempo, para esperar, quando se ama
O tempo, apenas aumenta a vontade de estar junto
O tempo aumenta a saudade,
O tempo, passa..
E com tempo, podemos ir além do horizonte,
podemos sonhar, nossos sonhos, com tempo..
com tempo pra sonhar, pra realizar..
Tempo, o tempo mágico, que estarei contigo.
O tempo...

Parece que faz tanto tempo que te amo..
Talvez, há muito tempo eu te espero..
Talvez, há muito tempo eu te procuro
Espero, que por muito tempo, eu te tenha.

O tempo sem você é como um dia curto de inverno,
que demora a passar..
Mas com você, é como um longo dia de verão
que passa tão rápido, sem ser percebido.

Há tanto tempo, que te amo
não importará o tempo, pra que eu te espere
mesmo há tão pouco tempo, te amo por muito tempo.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009


Ahh.. se a vida fosse um conto de fadas.
Se, num passe de mágicas, conseguimos resolver alguns problemas.
Se tivéssemos direito a três desejos realizados,
eu só precisaria de um.

Ah, se tudo fosse assim..
Se a brincadeira não terminasse
se os sonhos, não precisassem ser desfeitos.

Mas, também, o meio dos contos de fadas é tumultuado.
Como crianças, poder sonhar, acreditar, desejar...

Quem sabe, ainda poderá chegar na parte do:
Felizes pra sempre?!
A esperança é uma dádiva e deve sempre existir.
E o tempo, pode passar, mas nunca acabar com um sentimento.

Pense

"Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração."
Shakespeare

Climatempo

Angel

02/07/08

De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.

William Shakespeare