Quer achar algo?

Google

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Era uma vez..



Um anjo,
Que encontrou uma flor, distante, por acaso
Ele a via desabrochar para os raios de sol,
a viu se fechar, se proteger do inverno frio...
Por muitas vezes, o anjo viu suas lágrimas escorrerem, em silêncio
apenas para molhar a flor, que feliz retribuía com seu brilho, seu perfume, sua beleza.
O anjo se via tão próximo, abrindo suas asas, tentando evitar que o vento frio, afligisse sua flor
Ou soprando pra longe, uma nuvem, para que o sol irradiasse e alegrasse o dia, para ver o brilho de sua flor, contente.
E ao mesmo tempo, estava tão distante...
lá longe, apenas à observar, a admirar, a amar
sem poder tocar, sem poder afagar
com ciumes do beija flor, a beijar.

O anjo, não desistiu de amar,
ele sabe que, em seu coração, ela sempre viverá, junto dele
mesmo que a lágrima escorra, que o sorriso brote lá longe...
o amor, que brotou em seu coração, será como uma árvore milenar, que jamais será derrubada.

segunda-feira, 22 de junho de 2009


Rosa
uma das flores mais cultivadas no mundo
muito variada, em forma e cor
a preferida do beija flor
a flor, que representa o amor.

A rosa amarela (loura)
representa a felicidade
no seu sorriso, sua alegria
espontaneidade, sua amizade.

Ela representa, também, a saudade
a saudade de cada minuto sem sua presença
representa o ciúme,
ciúmes de quem ama, de quem gosta.

A rosa..
minha rosa amarela(loura)
representa o amor, a saudade, a vontade.
A felicidade.

A rosa da felicidade
que quero ver feliz
radiante.. sorridente.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

O Anjo e a Flor


O anjo, lá de cima, olha a flor
delicada, bela, apaixonante.
Ela desabrocha ao ver o sol
mostra sua beleza, sua delicadeza
atrai os pássaros,
seu mel, atraindo as abelhas e,
ganha, o beijo doce do beija flor.

O anjo, lá de cima, continua a olhar
se apaixona, passa a querer, a amar
a apreciar sua beleza
sua delicadeza, querer cuidar.

O orvalho molha a flor
que delicadamente, agradece.
Se enche de brilho..

O anjo aprecia,
vê sua lágrima escorrer pela flor,
esse é o único jeito de poder tocá-la.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

O rei Roberto, inspirando o amor...


Olha você tem todas as coisas
Que um dia eu sonhei pra mim
A cabeça cheia de problemas
Não me importo, eu gosto mesmo assim
Eu sei, você tem cicatrizes..
medo de fazer planos, de tentar e sofrer outra vez
Tem os olhos cheios de esperança
De uma cor mel, que mais ninguém possui

Olha você vive tão distante
Muito além do que eu posso ter
Mas eu não desisto de você..

Não desisto de sonhar com,
Braços que se abraçam
Bocas que murmuram
Palavras de amor
Enquanto se procuram

Olho todos os poemas que você fez pra mim
E não encontro palavras pra dizer,
como é grande o meu amor por você
Nem mesmo o ceu, nem as estrelas,
nem mesmo o mar, nem o infinito,
não é maior, que o meu amor, nem mais bonito

E no fim,
Te juro, meu amor, agora é prá valer
Olha, vem comigo aonde eu for
Seja minha amante, meu amor
Vem seguir comigo o meu caminho
E viver a vida só de amor.


quinta-feira, 11 de junho de 2009

A love history


Ela o conheceu por acaso, sem que nenhum dos dois saibam explicar como aconteceu, num lugar onde estavam a pouco tempo. Parece que guiados pelo destino, como a lua e o sol, próximos ao eclipse.
Conversaram, descobriram coincidências que, naquele momento, os atraiu. Discordaram de poetas, citaram outros, se sintonizaram em poesias.
Curaram as feridas um do outro, se tornaram amigos. Ela se apaixonou..
Ele demorou a notar, ela esperou, se declarou. Ele, sem saber o que fazer, se calou.
O tempo... ah, sempre o tempo! Nem precisou ser muito, bastou um instante, algumas poesias a mais, alguns encontros e coincidências, bastou o jeito dela, pra ele descobrir que também estava apaixonado. Ele se declarou.
Ela, surpresa, chorou. Aquela lágrima, de emoção, que escorria, como o orvalho escorre na pétala da rosa. Escorreu pelo sorriso. Ah, lindo sorriso!
Descobriram a paixão, descobriram o amor. O tempo, ele de novo, fez tudo se encaixar. Os sentimentos, a distância física, muitas vezes superada pelos sonhos, pela vontade, pelo coração.
Descobriram mais que a paixão, descobriram um amor maior, não o da música, mas um amor de almas, um amor puro. Descobriram que, acima de tudo, de tempo, de distância, das dificuldades, dos medos, o amor pode ser maior.
A história não tem fim, porque toda história tem de ter um final feliz? Que o feliz seja no início, no meio, e que não tenha fim.. histórias de amor, não podem ter fim, quando se é real, elas transcendem a história, a realidade, o tempo.


sexta-feira, 5 de junho de 2009


O choro, é um processo fisiológico dos seres humanos, que consiste em uma grande produção de lágrimas nos olhos, normalmente devido à alguma alteração emocional.
As lágrimas, muitas vezes, independe da vontade.. 
A lágrima surge, no canto do olho, sem que se espere, sem que se note. Ela escorre pelo rosto, lentamente, percorre a face, até os lábios. A lágrima aparece, vindo do fundo, de algum lugar que não se sabe onde.
Lágrima salgada, mesmo uma gotinha, aquela pequena gotinha, deixa seu gosto na boca.
Um gosto salgado, mas diferente.. com gosto de alegria, emoção, tristeza, ou gosto de algo que não se sabe identificar. 
A lágrima, nem sempre, explica por que surgiu, ela apenas surge, as vezes leva com ela aquele momento..
As vezes, apenas exteriora o que está no fundo da alma, e não quer se expor claramente.

As vezes, é apenas a lágrima cumprindo sua função, de limpar e lubrificar o olho. 

terça-feira, 2 de junho de 2009




Distância...
uma grandeza física, palpável
porém, totalmente superável.
Distância, que causa tanto sofrimento
que traz tanta saudade.. 
que não influencia em nada
às vezes, faz crescer o sentimento.. 
faz mais forte a vontade
enriquece, quando se encontra, o momento.

O tempo. 
Ah.. o tempo.
O tempo que passa tão rápido, quando estou com você, 
o tempo que segue lentamente, quando você não está aqui..
o tempo que parou, quando você pediu, o tempo.
todo tempo que temos pra viver nossa vida.

Amor
um sentimento.. abstrato
não se define, não se explica
muitos significados no dicionário, 
mas nenhum amor é igual ao outro.
Abstrato.. supera distância, tempo
supera o palpável, desafia a lógica


Distância, tempo... amor
um sonho, a dois
o sentimento, sem medo
o abstrato, como única certeza.

O coração espera o tempo que for, 
quando ele tem certeza do que sente, o amor.

Pense

"Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração."
Shakespeare

Climatempo

Angel

02/07/08

De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.

William Shakespeare