Quer achar algo?

Google

segunda-feira, 30 de março de 2009

Sonhando acordado


Dormindo, 
sonho com seus beijos
seus carinhos, seu amor.

Acordado,
fecho os olhos pra te ver
ver seu sorriso, 
ver seu olhar.

Imaginando
sinto seu toque
toco sua pele
te acolho em meu braços.

Amando
Só quero você.
Sonhando ou acordado
querendo ser o seu amado.

domingo, 22 de março de 2009


Somos como o sol e a lua
quase não se veem, 
mas se sentem

um completa o outro
enquanto um está iluminando seu lado
o outro acolhe os sonhos do outro
ou os olhares dos apaixonados.

Enquanto um oferece calor
o outro, ilumina a escuridão
alimenta a imaginação
inspira o amor.

Mas quando se juntam, 
oferecem o mais belo espetáculo da natureza
juntos em seu momento mágico
mesmo que por pouco tempo, 
se torna marcante, esse encontro.


Um breve encontro, pra eternizar essa união.
Mesmo distantes, estão unidos um ao outro.
Por um olhar, por um sentimento.




quinta-feira, 12 de março de 2009


Não precisa dizer nada
basta que seus lábios toquem os meus
lentamente, carinhosamente.

Não precisa escrever
basta que aceite minha carícias
meus afagos.. pra lhe mostrar meu amor.

Basta deixar que eu te abrace
deixar que meus lábios encontrem o seu
seu coração bata no compasso do meu
apenas um sussurro..

Te amo.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Chuva



Enquanto a chuva cai, lentamente
molhando o chão, 
escorrendo pelas flores no jardim..

Fecho meus olhos
te vejo, sob água
a escorrer por seu rosto
a revelar seu sorriso
como uma criança, brincando entre os pingos d'água

Lhe vejo dançando, 
enquanto a chuva acaricia seu corpo
o brilho dos seus olhos à me olhar
seus braços estendidos a me chamar.

Abro os olhos
apenas a água caindo..
meus braços estendidos, para o vento
você em meus pensamentos.

Fico a esperar o arco íris, 
quem sabe você não é meu 'pote ouro'!?

Pense

"Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração."
Shakespeare

Climatempo

Angel

02/07/08

De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.

William Shakespeare